0 Comentários

À volta da mesa: hambúrguer de quinoa e batata doce

Hoje a Ana Morais, do bonito Tapas na língua, é quem nos acompanha num almoço de sabores diferentes e formas hiabituais: hambúrguer de quinoa e batata doce.

 

“Quer se queira, quer não, todas as crianças adoram hambúrgueres. No entanto, desta vez, optei por cozinhar um hambúrguer diferente. Não porque ache que a carne deva ser proibida, nada disso. Eu acredito no equilíbrio, e que devemos comer de tudo um pouco. E isso, não inclui apenas carne e peixe. Há muito mais. E deve ser de pequenino que devemos educar as crianças a outros ingredientes e sabores “diferentes”.

Se eu apresentasse um prato de quinoa com batata doce a uma criança talvez ela torcesse o nariz… mas em forma de hambúrguer a conversa é outra… e acreditem que estes são deliciosos.

Como o meu sobrinho escreveu no Dia dos Namorados: “O amor é como um hambúrguer: delicioso!”

As crianças são mesmo a melhor coisa do mundo!”

 

 

 

 

 

 

 

Hambúrguer de quinoa e batata doce

 

os ingredientes (para 5 ou 6):

120 gr de quinoa;

1 batata-doce grande;

1 cebola grande;

200 gr de cogumelos;

40 gr de aveia;

sal + pimenta a gosto.

 

opcional:

1 colher de chá de manteiga de amendoim;

1 colher de chá de vinagre de maçã;

1 colher de chá de molho de soja.

 

 

a receita:

Cozinhar a quinoa em água. Lavar a batata, cortar em pedaços e assar ou cozer até ficar macia (cerca de 20 min). Picar a cebola e os cogumelos finamente e alourar numa frigideira. Misturar todos os ingredientes anteriores numa tigela e adicionar a aveia (e tudo o que desejar adicionar dos ingredientes opcionais). Se houver tempo, colocar a mistura no frigorífico e deixar descansar um pouco,de forma a que os sabores possam combinar. Moldar a massa em bolas e achatar. Levar a dourar numa frigideira com azeite, 4 minutos de cada lado, para que fiquem dourados e crocantes.

 

Servir num pão, recheado com espinafres frescos, fatias de abacate e um ovo escalfado. Acompanhar com batatas fritas e maionese ou molho rosa.

Estes hambúrgueres são ótimos para congelar.

 

 

Hum hum hum… soa-me tudo lindamente. Experimentemos!

 

Para acompanharem as lindas fotografias da Ana, têm o Instagram, as receitas gostosas e as aventuras de mãe, seguem no Tapas na língua e os recadinhos são dados no Facebook!

 

0 Comentários

À volta da mesa: hambúrguer de quinoa e batata doce

Hoje a Ana Morais, do bonito Tapas na língua, é quem nos acompanha num almoço de sabores diferentes e formas hiabituais: hambúrguer de quinoa e batata doce.

 

“Quer se queira, quer não, todas as crianças adoram hambúrgueres. No entanto, desta vez, optei por cozinhar um hambúrguer diferente. Não porque ache que a carne deva ser proibida, nada disso. Eu acredito no equilíbrio, e que devemos comer de tudo um pouco. E isso, não inclui apenas carne e peixe. Há muito mais. E deve ser de pequenino que devemos educar as crianças a outros ingredientes e sabores “diferentes”.

Se eu apresentasse um prato de quinoa com batata doce a uma criança talvez ela torcesse o nariz… mas em forma de hambúrguer a conversa é outra… e acreditem que estes são deliciosos.

Como o meu sobrinho escreveu no Dia dos Namorados: “O amor é como um hambúrguer: delicioso!”

As crianças são mesmo a melhor coisa do mundo!”

 

 

 

 

 

 

 

Hambúrguer de quinoa e batata doce

 

os ingredientes (para 5 ou 6):

120 gr de quinoa;

1 batata-doce grande;

1 cebola grande;

200 gr de cogumelos;

40 gr de aveia;

sal + pimenta a gosto.

 

opcional:

1 colher de chá de manteiga de amendoim;

1 colher de chá de vinagre de maçã;

1 colher de chá de molho de soja.

 

 

a receita:

Cozinhar a quinoa em água. Lavar a batata, cortar em pedaços e assar ou cozer até ficar macia (cerca de 20 min). Picar a cebola e os cogumelos finamente e alourar numa frigideira. Misturar todos os ingredientes anteriores numa tigela e adicionar a aveia (e tudo o que desejar adicionar dos ingredientes opcionais). Se houver tempo, colocar a mistura no frigorífico e deixar descansar um pouco,de forma a que os sabores possam combinar. Moldar a massa em bolas e achatar. Levar a dourar numa frigideira com azeite, 4 minutos de cada lado, para que fiquem dourados e crocantes.

 

Servir num pão, recheado com espinafres frescos, fatias de abacate e um ovo escalfado. Acompanhar com batatas fritas e maionese ou molho rosa.

Estes hambúrgueres são ótimos para congelar.

 

 

Hum hum hum… soa-me tudo lindamente. Experimentemos!

 

Para acompanharem as lindas fotografias da Ana, têm o Instagram, as receitas gostosas e as aventuras de mãe, seguem no Tapas na língua e os recadinhos são dados no Facebook!

 

Submeter um Comentário