Simplesmente Baby

0 Comentários

À volta da mesa: hambúrguer de quinoa e batata doce

Hoje a Ana Morais, do bonito Tapas na língua, é quem nos acompanha num almoço de sabores diferentes e formas hiabituais: hambúrguer de quinoa e batata doce.

 

“Quer se queira, quer não, todas as crianças adoram hambúrgueres. No entanto, desta vez, optei por cozinhar um hambúrguer diferente. Não porque ache que a carne deva ser proibida, nada disso. Eu acredito no equilíbrio, e que devemos comer de tudo um pouco. E isso, não inclui apenas carne e peixe. Há muito mais. E deve ser de pequenino que devemos educar as crianças a outros ingredientes e sabores “diferentes”.

Se eu apresentasse um prato de quinoa com batata doce a uma criança talvez ela torcesse o nariz… mas em forma de hambúrguer a conversa é outra… e acreditem que estes são deliciosos.

Como o meu sobrinho escreveu no Dia dos Namorados: “O amor é como um hambúrguer: delicioso!”

As crianças são mesmo a melhor coisa do mundo!”

 

 

 

 

 

 

 

Hambúrguer de quinoa e batata doce

 

os ingredientes (para 5 ou 6):

120 gr de quinoa;

1 batata-doce grande;

1 cebola grande;

200 gr de cogumelos;

40 gr de aveia;

sal + pimenta a gosto.

 

opcional:

1 colher de chá de manteiga de amendoim;

1 colher de chá de vinagre de maçã;

1 colher de chá de molho de soja.

 

 

a receita:

Cozinhar a quinoa em água. Lavar a batata, cortar em pedaços e assar ou cozer até ficar macia (cerca de 20 min). Picar a cebola e os cogumelos finamente e alourar numa frigideira. Misturar todos os ingredientes anteriores numa tigela e adicionar a aveia (e tudo o que desejar adicionar dos ingredientes opcionais). Se houver tempo, colocar a mistura no frigorífico e deixar descansar um pouco,de forma a que os sabores possam combinar. Moldar a massa em bolas e achatar. Levar a dourar numa frigideira com azeite, 4 minutos de cada lado, para que fiquem dourados e crocantes.

 

Servir num pão, recheado com espinafres frescos, fatias de abacate e um ovo escalfado. Acompanhar com batatas fritas e maionese ou molho rosa.

Estes hambúrgueres são ótimos para congelar.

 

 

Hum hum hum… soa-me tudo lindamente. Experimentemos!

 

Para acompanharem as lindas fotografias da Ana, têm o Instagram, as receitas gostosas e as aventuras de mãe, seguem no Tapas na língua e os recadinhos são dados no Facebook!

 

0 Comentários

Hipopótamos e aristocracia

Margaret Mahly (1936 – 2012) é considerada uma das maiores escritoras de língua inglesa. Da Nova Zelândia para o mundo, os seus livros para crianças e adolescentes continuam a encantar leitores de todas as idades, geração após geração.

 

Eu conheci o seu trabalho através de um livro que a minha amiga Paula ofereceu ao meu garoto: O Rapaz dos Hipopótamos, publicado pela primeira vez em 1975 – e, já na altura, com as doces e pormenorizadas ilustrações de Steven Kellogg, que contam histórias para além da história. As fotos que se seguem fui tomá-las de empréstimo ao blogue Bichos da Matos.

 

Hipo1

 

 

 

Este livro trata de um rapaz que começa a ser seguido por hipopótamos, diariamente, cada vez em maior número. Ele vive numa mansão e os seus aristocráticos pais reagem com bastante serenidade ao insólito, porque, de facto, há pessoas que não têm cuidado nenhum com os seus hipopótamos. Até que o tanque dos peixes dourados transborda e é decidido recorrer às artes de uma bruxa para resolver a questão.

 

E ela resolve-a. Ou não?

 

0 Comentários

O baptizado da Madalena, por Little Rose

Branco, rosa e doilies foram as fontes de inspiração para a decoração da festa do baptizado da Madalena, que ficou a cargo da Patrícia Bastos, da Little Rose.

Conta-nos a Patrícia que «o bolo estava lindo e foi feito pela Vintage Cake Company» – uma assinatura que conhecemos bem e com a qual trabalhamos ‘ali na sala ao lado’.

 

BaptMad-230

 

PicMonkey Collage

 

BaptMad-235

 

PicMonkey Collage 2

 

As fotografias são da Matilde Photography.

Vejam outros trabalhos da Patrícia e acompanhem a Little Rose também através do Facebook.

 

 

0 Comentários

À volta da mesa: chá fresco de erva limão e pêssegos

O verão já se tinha ido embora, mas esta semana parece que voltou, e a querida Sandra, do blogue Marmita, nem hesitou!

 

Chá fresco de lemongrass (erva limão ou erva príncipe), com pêssegos paraguaios (aqueles achatadinhos), que tal?

 

 

 

 

Chá fresco de lemongrass e pêssego

 

os ingredientes:

 

4 folhas de lemongrass;
2 pêssegos paraguaios;
1 litro de água;
2 colheres de xarope de beterraba ou mel.

 

 

a receita:

 

Fazer a infusão com as folhas de lemongrass e 500ml de água a ferver, deixar arrefecer por completo e se tiver tempo, coloque a infusão no frigorífico para arrefecer mais rapidamente.

Numa liquidificadora / Bimby coloque os pêssegos, sem caroço, com a casca e os restantes 500ml de água (para ficar bem fresco, use água fria). Passe muito bem os pêssegos, junte a esse néctar o chá previamente arrefecido e passe durante mais uns 20 segundos.

Coloque o chá numa jarra, adicione o açúcar a gosto, eu usei xarope de beterraba, mas pode usar o que quiser, e por fim decore com mais umas fatias de pêssego e gelo.

 

Acompanhem as receitas suculentas da Marmita, e deixem uma palavrinha simpática à Sandra, na sua página do Facebook.

 

0 Comentários

Um ensaio sobre a ternura

O senhor Bonifácio passa os seus dias a cuidar dos animais no Jardim Zoológico. Sabe de que precisa cada um deles e adequa-se perfeitamente à missão. Conhece cada um dos animais como a palma da sua mão e, para além dos cuidados necessários, tem para eles doses generosas de gentileza e amizade.

 

O twist neste enredo dá-se quando o senhor Bonifácio se constipa e não pode ir trabalhar. Quem irá cuidar dele? Os seus amigos animais, claro!

 

bonifacio

 

Este é mais um trabalho do conceituado (e premiado) casal Stead. Philip escreveu e Erin ilustrou, a partir da bela casa-barra-atelier no Michigan, EUA. Uma história com uma mensagem ternurenta e imagens que nunca mais esquecemos.

 

boni2

 

Editado em Portugal pela Presença, este é um daqueles livros que nos apetece tirar da prateleira todos os dias ( e tiramos, porque não?)

 

0 Comentários

O outono Tinimini tem mais encanto

Para os mais distraídos (o que não admira, com a meteorologia a baralhar-nos dia após dia), hoje inauguramos oficialmente a estação do outono. E as meninas Tinimini abrilhantam a inauguração, com uma versão da Miss Blossom a condizer com este «Outono apressado, com temperaturas de Verão e chuvas de Inverno, com uma Primavera que nunca abala, nem que seja escrita nas histórias e poemas que os livros acolhem!»

 

 

Para mais informações e encomendas, escrevam-lhes para ola.tinimini@gmail.com. Aproveitem e saibam também tudo sobre as criações Tinimini por medida.

 

 

0 Comentários

À volta da mesa: hambúrguer de bacalhau

O Verão terminou, parece ser óbvio. A querida Susana, do No Soup for You traz-nos uma sugestão apropriada.

 

É altura de dizer adeus ao Verão, já regressaram as mochilas, os dias corridos e os jantares sem tempo, e sabem bem receitas simples e descomplicadas para jantares vapt-vupt.

Estes hambúrgueres são não só um bom truque para os miúdos mais avessos a comer peixe, mas também os melhores amigos dos dias de refeições SOS – se tivermos alguns congelados, é um instante enquanto vão à grelha e chegam ao prato!

 

 

Hambúrguer de bacalhau

 

os ingredientes, para 6 unidades:

1 punhado de ervas frescas (usei salsa);

100 g de cebola picada;

600 g de bacalhau demolhado, desfiado;

1 ovo;

1 colher de sopa de mostarda;

Sal q.b.;

Pimenta preta moída na hora q.b.;

80 g de flocos de aveia;

Azeite q.b. para untar.

 

 

a receita:

Triture a cebola e as ervas picadas com 200 g de bacalhau, o ovo, a mostarda, sal e pimenta.

Adicione os restantes 400 g de bacalhau e a aveia e misture bem até ficar homogéneo.

Rectifique os temperos e molde a massa em forma de hambúrgueres.

 

Aqueça uma grelha untada com azeite e cozinhe os hambúrgueres dos dois lados.
Podem acompanhar o bonito trabalho gastronómico da Susana no No Soup for You e deixar-lhe uma palavrinha no Facebook, ou conhecer melhor a sua personalidade de fotógrafa (muito cá de casa, já que a Susana foi das primeiras fornecedoras do S Baby!) no seu site Susana Gomes Photography e respectiva página.

 

Bom domingo!