Lume Brando
0 Comentários

À volta da mesa: maçã assada com crumble de amêndoa

Há dois dias atrás, era Outono a sério, mas hoje parece Verão. Vamos fazer de conta que é um Outubro normal e entretermo-nos com deliciosos lanches de forno, sugeridos pela simpática Teresa, do bonito Lume Brando.

 

“Uma sobremesa com fruta da época, para dias em que sabe bem ligar o forno. Mas se for verdade que o verão vai voltar a aparecer por estes dias, podemos sempre juntar-lhe uma bola de gelado de nata ou baunilha”

 

 

 

 

 

Maçã assada com crumble de amêndoa

 

os ingredientes (para 8 porções):

4 maçãs;

½ limão;

225 g de farinha sem fermento;

110 g de manteiga ou margarina + um pouco para colocar por cima antes de ir ao forno;

80 g de açúcar amarelo;

Canela em pó qb;

½ chávena de amêndoa laminada;

½ chávena de sultanas ou uvas passas (opcional);

Vinho do Porto qb (opcional).

 

 

a receita:

Coloque as sultanas ou as passas a amolecer no Vinho do Porto com algumas horas de antecedência, se as quiser usar.

Pré-aqueça o forno nos 180º. Lave e seque as maçãs. Retire, com um acessório próprio, o centro das maçãs, corte-as ao meio à largura e coloque-as num recipiente de ir ao forno untado, salpicando-as de sumo de limão para não oxidarem. Numa taça, junte a farinha, a manteiga em pedaços, o açúcar e a pitada de canela e amasse até ficar com aspecto de migalhas grossas. Junte a amêndoa, triturada grosseiramente com uma faca e as sultanas ou as uvas passas.

Espalhe esta mistura por cima das maçãs, enchendo de crumble os orifícios das maçãs.

Distribuir por cima uns pedacinhos de manteiga.

Levar ao forno entre 45 min a 1 hora ou até a fruta estar bem assada e o crumble dourado.

 

Nota: pode ter de ajustar as quantidades do crumble ao tamanho das maçãs. Use preferencialmente maçãs doces, como as golden, que mantêm a forma mesmo depois de assadas; a polpa das maçãs ácidas, como as reineta, por exemplo, vai borbulhar bastante e sair por fora da casca.

 

 

Isto parece-me tudo muito apetitoso, e a vocês?

 

Para acompanharem as deliciosas receitas da Teresa, visitem-na no Lume Brando, e se quiserem deixar-lhe um olá, passem pela página do Facebook!

 

 

0 Comentários

À volta da mesa: bolo de agrião e azeite

Hoje, à nossa mesa, celebrando o regresso à escola, temos a simpática Teresa, do bonito Lume Brando.

Audaz, traz-nos um bolo verdinho para o lanche!

 

“Com o regresso às aulas, recomeçam muitas rotinas, tais como a preparação das mochilas e dos lanches. Uma fatia deste bolo de agrião na lancheira dos mais novos, nesta semana que é para muitos de nervoso miudinho, é um mimo colorido e saudável, que promete surpreender muitos colegas!”

 

 

 

 

 

 

Bolo de agrião e azeite

 

os ingredientes:

4 ovos;
150 g de agrião (1 embalagem);
140 ml de azeite virgem extra (usei Gallo Frutado);
2 chávenas* mal cheias de açúcar amarelo;
2 chávenas* de farinha;
1 colher de sobremesa de fermento;
açúcar em pó (opcional).

*250 ml de capacidade
 

 

a receita:

Pré-aquecer o forno nos 180º.
Untar com manteiga e polvilhar com farinha uma forma de buraco (ou outra).
Num robot ou processador de alimentos, triturar os agriões juntamente com as gemas e o azeite.
Juntar o açúcar e bater mais um pouco.
Transferir para uma taça grande e adicionar a farinha e o fermento.
Bater as claras em castelo e juntar ao preparado anterior.
Levar ao forno cerca de 50 minutos ou até um palito sair seco do seu interior.
Retirar, esperar alguns minutos e desenformar com cuidado.
Deixar arrefecer totalmente e, antes de servir, polvilhar com açúcar em pó.

 

 

Isto parece-me tudo muito apetitoso, e a vocês?

 

Para acompanharem as deliciosas receitas da Teresa, visitem-na no Lume Brando, e se quiserem deixar-lhe um olá, passem pela página do Facebook!

 

 

0 Comentários

À volta da mesa: geladinhos de stracciatella

Hoje, à nossa mesa, desafiando este verão foleiríssimo, temos a simpática Teresa, do bonito Lume Brando.

Audaz, traz-nos um tentador gelado, fresquinho e salpicado de chocolate

 

“O verão anda a brincar connosco às escondidas, mas o melhor é fazermos de conta que não vemos e seguirmos em frente com os nossos planos para esta época tão desejada do ano. Descanso, descontração, e mais tempo para os amigos e para a família, incluindo os mais pequenos. Nesta altura, é quase impossível os miúdos não atingirem a média de 1 gelado/dia. Mas não precisam de ser todos de compra! Aqui fica uma sugestão fácil de fazer, e ainda mais fácil de comer.”

 

 

 

 

Geladinhos de stracciatella

 

os ingredientes:

(para cerca de 8 gelados, dependendo do tamanho dos recipentes)

3 iogurtes tipo grego de stracciatella;

60 g de chocolate de culinária;

pauzinhos de gelado;

copinhos ou frascos pequenos de vidro.

 

a receita:

leve o chocolate a derreter e distribua pelo fundo dos recipientes. Encha estes com iogurte de stracciatella.

O pauzinho deve ser espetado até ao fundo do recipiente, com o chocolate ainda mole, por isso, recorte uns pedaços de cartão um pouco maiores do que o tamanho da abertura dos recipientes, e faça um ranhura a meio. Pouse no recipiente e introduza o pauzinho na ranhura até ao fundo. Desta forma o pauzinho ficará estável (tipo palhinha nos copos das bebidas dos restaurantes de fast-food). Leve ao congelador durante algumas horas, até solidificar.

Para servir, mergulhe o recipiente em água muito quente durante alguns segundos e puxe pelo pauzinho com cuidado.

 

 

 

Isto parece-me tudo muito apetitoso, e a vocês?

 

Para acompanharem as deliciosas receitas da Teresa, visitem-na no Lume Brando, e se quiserem deixar-lhe um olá, passem pela página do Facebook!

 

1 Comentário

À volta da mesa: sorvete de toranja

Hoje, à nossa mesa, celebrando o calor, temos novamente a simpática Teresa, do bonito Lume Brando.

Ela traz-nos desta vez um delicado e simples sorvete de toranja, que já me deixou a salivar!

 

“Finalmente chegou o bom tempo, e com ele o desejo de comer gelados e outras coisas frescas. Quando vi no blog “Chilli com todos” um sorvete de laranja que parecia tão simples quanto delicioso e refrescante, a vontade de fazer uma versão com toranja foi imediata. Adoro este fruto, tanto em doces como em saladas, e este gelado ajuda-me a relembrar a viagem que fiz a Itália o ano passado, precisamente por esta altura. E se os mais novos não apreciarem toranja, experimente usar pêssegos, manga ou frutos vermelhos.

Vivam as cores e os sabores dos dias grandes!”

 

 

 

 

 

Sorvete de toranja

 

os ingredientes:

500 g de toranja descascada, sem a pele branca, partida aos pedaços e congelada;

80 g de açúcar em pó ou a gosto;

1 clara de ovo;

folhas de hortelã para decorar.
a receita:

Com antecedência, descascar as toranjas descartando a pele branca, partir em pedaços pequenos aproveitando o sumo, dividir por sacos pequenos e levar ao congelador durante pelo menos 12 horas (partir em pedaços pequenos e congelar em porções vai permitir picar a fruta facilmente num processador de cozinha).

Quando quiser fazer o sorvete, retire a fruta do congelador e, com a ajuda de uma faca e de uma tábua, separe os pedaços de fruta. Coloque-os num processador de alimentos ou robot de cozinha (convém ser um equipamento potente), juntamente com o açúcar. Pique até obter uma pasta homogénea, prove e retifique o açúcar se for caso disso. Junte a clara de ovo e volte a envolver tudo até obter a textura desejada. Sirva de imediato ou leve de ao congelador para servir mais tarde.

 

Pode usar outra fruta: banana, laranja, frutos vermelhos, ameixas, etc., ajustando sempre a quantidade de açúcar, há frutos tão doces que nem é preciso adicionar açúcar!

 

 

 

 

Que frescura e que cor bonita, experimente-se!

 

Para acompanharem as deliciosas receitas da Teresa, visitem-na no Lume Brando, e se quiserem deixar-lhe um olá, passem pela página do Facebook!

 

0 Comentários

À volta da mesa: lollipops de cenoura e chocolate

Hoje, à nossa mesa, temos novamente a simpática Teresa, do bonito Lume Brando.

Ela traz-nos desta vez uma deliciosa guloseima, lollipops de cenoura e chocolate!

 

“Uma sugestão vistosa e saudável para uma festa de crianças, ou apenas para umas horas divertidas na cozinha com os mais novos. É uma boa maneira de os pôr a gostar do tipo de alimentos a que eles mais torcem o nariz: legumes e fruta. A imaginação é o limite!”

 

 

 

 

Lollipops de cenoura e chocolate

 

os ingredientes:

1 cenoura grande;

60 g de chocolate preto ou de culinária;

sprinkles, smarties mini, frutos secos picados, muesli ou outros toppings a gosto;

palitos de espetada.

 

 

a receita:

Levar ao lume um tachinho com água. Lavar bem a cenoura e descascá-la. Cortar em rodelas com cerca 1 cm de espessura.

Quando a água começar a ferver, introduzir as rodelas de cenoura e deixar cozinhar por 3 minutos.

Retirar e secar com papel de cozinha.

Derreter o chocolate e colocar num copo ou recipiente relativamente estreito e alto (mas que dê para mergulhar a rodela de cenoura)

Cortar a pontinha mais fina dos palitos (para proteger as crianças) e espetar um palito em cada rodela, mais ou menos até meio.

Mergulhar no chocolate, salpicar com os toppings escolhidos e deixar secar ao baixo (sobre uma rede ou papel vegetal, por exemplo).

 

Para acompanharem as deliciosas receitas da Teresa, visitem-na no Lume Brando, e se quiserem deixar-lhe um olá, passem pela página do Facebook!

 

1 Comentário

À volta da mesa: mini sanduíches de festa

Hoje, à nossa mesa, temos novamente a simpática Teresa, do bonito Lume Brando.

E sabem o que é que ela nos traz? Algo tão, tão simples, que quase parece uma brincadeira de miúdos, mas cujo efeito final, será para eles, algo quase mágico!

E o que nós gostamos da beleza das coisas simples…

 

“Na verdade, isto é mais uma ideia e uma sugestão do que uma receita.

As festas dos mais pequenos não devem ser feitas só de doces e esta é a prova de que também os salgados podem ir ao encontro do tema da celebração: animais, natureza, meios de transportes, números, etc. A imaginação é o limite e hoje em dia é fácil encontrar os mais variados cortadores, inclusive em lojas online.”

 

 

 

 

 

Mini-sanduíches de festa

 

os ingredientes:

pão de forma branco, integral ou de mistura;

recheios variados (neste caso usei: queijo-creme + salmão fumado; paio york + queijo cheddar; fiambre de peru+queijo flamengo);

mini-cortadores para bolachas;

 

a receita:

Faça as sanduíches como normalmente e apare a côdea.

Coloque as sanduíches numa tábua e molde as mini-sanduíches usando os mini-cortadores (vai precisar de alguma força – pressione o cortador e movimente-o um lado para o outro, com cuidado e rente à tábua, para ter a certeza de que a mini-sanduíche vai sair com a forma desejada). Tente aproveitar o máximo da área da sanduíche (vai haver sobras, inevitalvemente, mas pode usar as sobras de recheio para enriquecer uma omelete, por exemplo, e as sobras de pão podem ser transformadas em pão ralado).

Coloque num prato catita e estão prontas a servir!

 

Para acompanharem as deliciosas receitas da Teresa, visitem-na no Lume Brando, e se quiserem deixar-lhe um olá, passem pela página do Facebook!

 

2 Comentários

À volta da mesa: cake pops de chocolate

Hoje estreamos uma rúbrica saborosa e robusta, além de incrivelmente bem fotografada e feita com talento e amor…

“À volta da mesa” fala de comida, das refeições em família, das coisas giras para as festas e lanches da miudagem, do prazer de comer e partilhar.

Convidámos 5 fazedoras de coisas boas, cujos blogs são lindos de morrer e a simpatia é a cereja no topo do bolo, tal o entusiasmo com que disseram sim ao convite.

São elas, a Teresa, do Lume Brando, a Ana, do Tapas na língua, a Sandra, do Marmita, a Inês, do Ananás e Hortelã e a Susana, do No soup for you.

5 bloggers doces, de 5 blogs iluminados. Uma de cada vez, para sejam devidamente apreciadas, sempre aos domingos de manhã, para deleite da vossa família.

 

A estreia coube à Teresa, que se apresenta:

 

“Rapariga do norte (que inveja as temperaturas do sul).

Redactora publicitária freelancer e home baker nas horas vagas (ou será ao contrário?).

Food blogger desde 2004 (com algumas interrupções pelo meio).

Viciada em ‘kitchenalia’ (livros e revistas incluídos).

Casada e mãe de dois piratas (para quem adora preparar festas e petiscos).

 

Quem segue o Lume Brando sabe que eu tenho um fraquinho por festas.  Festas com mesas bonitas e cheias de coisas boas, mas preferencialmente feitas em casa. Como vem aí a Primavera, que é o tempo das festas dos mais novos por excelência (arrisco dizer que é a época do ano em que nascem mais bebés), achei que seria giro trazer uma sugestão para aquelas mães (ou pais, ou tias, ou madrinhas…) que, tal como eu, gostam de pôr as mãos na massa e preparar coisas lindas para quem mais gostam.

Let’s party!”

 

 

Cake Pops de chocolate (para cerca de 50 unidades)

 

Bolo:

2 ovos

1 chávena* de açúcar amarelo

1/2 chávena* de óleo vegetal

1/2 chávena *de água a ferver

65 g de chocolate em pó (ou 1/2 pacote)

1 chávena de farinha sem fermento

1 colher de chá de fermento em pó

*250 ml de capacidade

 

Ganache:

200 ml de natas

200 g de chocolate de culinária

 

Cobertura:

400 g de Candy Melts ou outras pastilhas coloridas de chocolate para fundir, ou  sucedâneo de chocolate para fundir (há colorido e resulta muito bem).

 

E ainda, 50 pauzinhos de cake pops (pode usar palitos de espetada, mas os de papel aderem melhor às bolinhas)

Sprinkles coloridos

3 bases de esferovite  (ou 3 ‘oásis’ de florista)

 

 

 

Pré-aqueça o forno nos 180º.

Unte bem uma forma pequena (14 ou 16 cm de diâmetro) com manteiga e polvilhe com farinha; forre o fundo com papel vegetal e volte a untar/polvilhar.

Coloque a água a ferver.

Com um batedor de varas, bata os ovos com o açúcar.

Junte o óleo, de seguida a água, e mexa bem.

Junte o chocolate, dissolva bem.

Envolva a farinha e o fermento.

Verta na forma e leve a cozer cerca de 25 minutos ou até um palito sair limpo do interior do bolo. Desenforme sobre papel vegetal e deixe arrefecer completamente.

Faça a ganache, partindo o chocolate em pedaços para um taça de vidro ou metal. Leve as natas a ferver e verta-as sobre o chocolate. Espere uns minutos e mexa com um batedor de varas até obter um creme liso e brilhante. Deixe arrefecer.

Quando o bolo e a ganache estiverem frios, desfaça o bolo para uma taça grande (reserve algum bolo para o caso da massa ficar demasiado mole) e junte aos poucos ganache amassando com as mãos (à partida não vai precisar da ganache toda). Para testar se a massa está no ponto, faça uma bolinha e espete um palito de cake pop: a bolinha não deve rachar. Derreta em banho-maria a cobertura escolhida (a água do recipiente de baixo não deve tocar no recipiente da cobertura), transfira-a para um copo alto, onde possa mergulhar os cake pops. Faça bolinhas (um pouco mais pequenas do que brigadeiros) e coloque-as sobre papel vegetal. Mergulhe a ponta de um pauzinho de chupa-chupa na cobertura e espete-o numa bolinha até cerca de metade desta. Repita a operação com as restantes bolinhas.  Fixe quais foram os primeiros cake pops que fez, para começar a cobrir esses, pois já terão o pauzinho mais firme.  Mergulhe cada cake pop no copo da coberura, retire, rode o cake pop suavemente para retirar o excesso de cobertura, salpique com os sprinkles (coloque uma taça grande por baixo, para aparar os que caem, e espete em esferovite ou ‘oásis’ de florista até secar.

 

Hum hum hum…

Para acompanharem as deliciosas receitas da Teresa, visitem-na no Lume Brando, e se quiserem deixar-lhe um olá, passem pela página do Facebook!