Natal
0 Comentários

Ler também é ajudar

Há seis anos que a Ajudaris tem vindo a editar livros para reunir fundos que revertem a favor do seu trabalho social. Este ano, temos dois, e a ilustração abaixo, incluída num deles, é da autoria da Célia Fernandes.

 

tinimini_ajudaris2014a1

 

ajudaris

 

Os textos fora, criados por alunos de várias escolas do país e as ilustrações são, como sempre, generosamente cedidas por vários artistas portugueses. Para além do site próprio, a Ajudaris conta também, este ano, com as lojas Pingo Doce para vender os seus livros (pelo preço de cinco euros cada).

Vamos ajudar?

 

0 Comentários

Adeus, Natal, até para o ano

O Natal já está lá atrás e, à excepção de algumas famílias que escolheram a tradição da troca de prendas no Dia de Reis, agora as atenções estão voltadas para os vestidos novos, os sapatos brilhantes e as 12 passas.

Despedimo-nos do Natal de 2013 com algumas fotos das mini-sessões de Natal promovidas pela fotógrafa Brígida Brito.

foto0031_4564web

foto0002_3088web

foto0009_4020web

foto0006_3966web

foto0022_1840web

BB

 Luzes, sorrisos e gestos ternurentos, uma boa maneira de fechar a quadra cá na casa.

0 Comentários

Última chamada para um presente de Natal muito especial

Hoje é o último dia para encomendarem vouchers de sessão fotográfica Tales of Light, um presente delicioso e, agora, a preços especiais de Natal.

Basta enviar um email para info@ricardosilvafotografia.com e esperar que esse vale mágico vos vá ter às mãos.

 

ricardoSilva

Espreitem aqui alguns dos trabalhos do Ricardo Silva. Não é o Natal a época, por excelência, para espalhar magia?

 

0 Comentários

A minha árvore de Natal

Hoje a convidada é da casa. A Susana desafiou-me para vir até cá tomar um chá e falar-vos da minha árvore de Natal, e eu aceitei o desafio.

É que este ano a árvore de Natal ganhou vida própria. Agora, que está completa (até ver…) tem muita graça recordar o processo e perceber como chegámos à decoração que temos hoje, e sobre a qual o Francisco diz: “Agora a árvore está mesmo linda!”

Começámos por escolher alguns enfeites do ano passado. Foram comprados numa loja aqui ao pé de casa, escolhidos por mãe e filho, e variam entre bolas de lata vermelhas e brancas, com guizos, e figuras vintage de madeira, também vermelhas e brancas, como cavalinhos e anjos. A estrela, que era feita de raminhos de árvore, partiu-se aquando dos preparativos, o nos deixou a todos muito tristes.

Entretanto, chegámos ao dia do 4D & Friends, um mercadinho de Natal aqui em Coimbra. Fui lá dar uma volta mas detive-me nalgumas bancas amigas, à conversa, e trouxe uns miminhos de recordação.

Event

Da Event Pleasures, uma empresa cliente da costureira de palavras e fornecedora seleccionada do Simplesmente Branco, trouxe três enfeites artesanais – aquele montinho de três corações brancos, um por cada pessoa cá de casa.

MOD

E da MOD, a marca através da qual a Cátia Oliveira dá asas aos seus sonhos e os materializa em objectos artesanais e únicos, trouxe este presépio desenhado à mão.

Quando cheguei a casa, o Francisco decidiu que o presépio iria para o topo da árvore e que os corações (depois de ter, criteriosamente, escolhido qual o seu, o meu e o do pai) seriam distribuídos equilibradamente pela árvore.

Por esta altura eu achava que a tarefa estava completa. Mas eis que, dois dias depois, nos chega a casa uma encomenda muito especial.

Quima

A Marta Ribeiro, uma amiga e ex-colega dos tempos do jornalismo, quis oferecer uma das suas nuvens de alfazema winter edition ao Francisco. A Marta tem um talento natural para descobrir novos usos para dar às coisas, dando ao termo ‘reutilizar’ uma dimensão de espanto. Estas nuvens são recheadas com alfazema de cultivo biológico e têm a dimensão perfeita para pendurar na cabeceira da cama… ou assim pensava eu. Para já, ordens do garoto, a nuvem da Marta está no topo da nossa árvore de Natal, por cima do presépio da MOD.

anjinhosJOY

E, por fim, o nosso mini artista perguntou-me se não tínhamos mais anjinhos. Primeiro respondi-lhe que não, porque estava a pensar nos anjinhos de madeira. Mas depois emendei a resposta: “Claro que sim! Temos os anjinhos da Susana!” Os anjinhos da Susana (sim, a nossa Susana) encontram-se à venda via Tinimini e arrumam-se em colecções temáticas: Joy, Homeland e Seasons. Escolhemos aqueles que nos pareceu encaixarem melhor no conjunto e lá os arrumámos, a flutuar e a trazer um inesperado toque de cor à nossa decoração natalícia.

E foi então que ouvi as tais palavras: “Agora a árvore está mesmo linda!” Pois está, filho. Cheia de pessoas, que é como as árvores de Natal devem estar.

Boas decorações!

0 Comentários

De amigos para amigos: sugestões de prendas friendly

Hoje trago-vos uma selecção muito cuidada de presentes de Natal comprados em lojas ou fazedores amigos do SBaby. É, assumidamente, um post tendencioso: escolhi só coisas muito bem feitas e merecedoras da nossa atenção. Que é como eu acho que devemos escolher todas as coisas que compramos, de facto.

prendas

Então, começando de cima e lendo da esquerda para a direita, temos:

- Enfeites de Natal artesanais, da Event Pleasures (aquele montinho com três corações brancos já está na minha árvore de Natal, são mesmo bonitos)

- A Ju, a jumenta mais bonita do pedaço, com um guarda-roupa de fazer inveja a muitas de nós, minuciosamente composta pelo Ricardo Rodrigues

- Nuvens de alfazema biológica para embelezar os nossos quartos e acalmar os nossos sonos, cuidadosamente feitas pela Marta Ribeiro

- Babygrows comemorativos do primeiro Natal dos miúdos, apenas uma de muitas coisas giras da novíssima marca O Rei Manda.

- Um candeeiro maravilhoso, personalizado e ecológico, da Two Dot Two

- Árvores genealógicas para os quartos dos garotos, uma ideia Gostamos Disto.

- Pregadeiras aos pares, em cerâmica, saídas do traço (e do forno) da Ana Carvalho

- Um caderno natalício, de edição super exclusiva, da brilhante Um Barra Um

 

Boas compras!

 

1 Comentário

Onde tens tu a cabeça, Pai Natal?

Em casa de costureira, linha de pesca. É o mínimo que posso dizer por ter demorado meses e meses a debutar a Costureira de palavras no S Baby. Mas o espírito natalício falou mais alto e está colmatada a falha.

A Costureira de palavras faz escrita por medida e aceita todos os desafios aos quais possa responder à letra. Mas também escreve, por vezes, à sua medida, e gosta tanto de fazê-lo que convida alguns amigos e transforma a coisa numa verdadeira celebração. Desta vez, convidou a Mariana Rebocho para ilustrar um conto de Natal. De seguida, perguntou ao Daniel Mendes, da 1/1, se estaria disposto a encadernar um livro daquela maneira elegante como faz os cadernos da sua marca.

E não é que resultou mesmo?

IMG_0594

Neste conto, o Pai Natal está a preparar-se para aquela que é a sua missão fundamental: distribuir os presentes pelos garotos do mundo inteiro. Mas não é que o senhor, que já terá, certamente, idade para ter juízo, parece ter perdido tudo o que lhe faz falta – juízo incluído?

Acompanhem a trabalheira que o duende-chefe terá para pôr este comboio (ou melhor, trenó) nos carris. E se o consegue, de facto, ou não, é um mistério…

IMG_0607

IMG_0595

Eu diverti-me imenso a escrever, a Mariana divertiu-se imenso a ilustrar e o Daniel divertiu-se imenso a encadernar. Ah, e acredito que o Adalberto Duarte também se tenha divertido a fotografar! Tudo para que vocês se divirtam a ler.

Para tal, só têm que enviar um email para costureiradepalavras@gmail.com e dizer quantos querem e onde os querem. Chegar-vos-ão às mãos, por correio, pelo valor de 10 euros cada (portes incluídos). Isto, claro, contando que o Pai Natal não ensandeça de todo até lá…

Boas festas, ho, ho, ho!