Segundas
0 Comentários

Segundas astrológicas!, por Mãe-Me-Quer

balança

 

Signo: Balança

 

De 24 de Setembro a 23 de Outubro
. Sétimo signo do zodíaco
. Planeta regente: Vénus
. Elemento: Ar
. Cor: Todos os tons de azul, tons de verde claro, rosa
. Pedra preciosa: Safira, jade, esmeralda, safira, pérola, corais
. Metal: Cobre, bronze, ouro

 

A criança Balança precisa, acima de tudo, de harmonia e paz para ser feliz. Despreza o conflito direto e evita situações de desgaste emocional afastando-se, sempre que possível, do confronto. A criança Balança precisa de ter sempre alguém a seu lado para ser feliz. É o signo do zodíaco que convive pior com a solidão.

 

Com um forte sentido de justiça e de imparcialidade, é uma mediadora por excelência, procurando sarar desavenças através do diálogo e da procura de consensos, sem nunca tomar partido. Em vez de enfrentar o problema, espera que desapareça. Esta característica é visível e condiciona o modo como se posiciona em todos os contextos da vida: na família, na escola, nas relações.

 

Com uma personalidade empática, consegue colocar-se no lugar do outro e compreender as suas motivações. Daqui nascem relações fortes e estáveis que lhe transmitem a tão necessária segurança e equilíbrio emocional.
Extrovertida e comunicativa consegue relacionar-se com vários tipos de pessoas e tem uma grande facilidade em fazer e manter os amigos para a vida.

 

Como estimular o desenvolvimento do seu filho Balança:
A leitura de fábulas e a discussão da moral das histórias vão fascinar o seu filho Balança. Incentive a sua grande generosidade natural, envolvendo-o em causas sociais.
Crie um espaço em casa só para ele. O seu espaço pessoal, reservado exclusivamente para suas coisas. Deixe o seu filho organizá-lo da forma que lhe der mais prazer.

 

Principais características da criança Balança:
Imparcial, diplomata e justa, aprecia relações estáveis e sinceras.
Comunicativa e sociável, pode ressentir-se quando o outro não age de acordo com a sua estrutura de valores ou quando não compreende os motivos de determinado comportamento ou reação.
A imparcialidade e dificuldade em tomar partido podem tornar-se num obstáculo quando tem que assumir uma decisão ou escolher um lado. O Balança precisa de avaliar muito bem cada situação antes de decidir que atitude tomar ou por que lado optar (o que acaba por não acontecer na maior partes das vezes).

 

Pontos a considerar na educação e convívio com a criança Balança:
A indecisão natural do Balança deve ser contrariada através da transmissão da noção de que, por vezes, é preciso posicionar-se. Os pais/educadores devem ensinar que, em determinadas circunstâncias a posição de neutralidade, pode não ser a melhor estratégia para defender e proteger os seus próprios interesses.

 

Encoraje o seu filho Balança a tomar as suas próprias decisões. Se ajudar dê-lhe opções, mas não decida por ele. O seu filho tem que compreender que não pode agradar a todos e que deve definir as suas opções e ser fiel ao seu próprio caminho.

 

O espírito de justiça pode levar a que a criança Balança se sinta “injustiçada” em vários contextos; na família, na escola ou em grupo. É importante que tente perceber se as queixas do seu filho são ou não fundamentadas e falar com ele sempre que tal aconteça. Se não o fizer, abre-se espaço para a desmotivação e para a perda de interesse, o que pode implicar atrasos no processo de aprendizagem e desenvolvimento da criança.

 

 

Por Mãe-Me-Quer

– Acompanhem todos os posts desta rubrica

 

0 Comentários

Segundas astrológicas!, por Mãe-Me-Quer

sbaby_virgem

 

Signo: Virgem

 

De 24 de agosto a 23 de setembro
• Sexto signo do zodíaco
• Planeta regente: Mercúrio
• Elemento: Terra
• Cor: Azul-marinho, castanho-escuro, verde, creme
• Pedra preciosa: Sardónia, água-marinha, cítrico amarelo
• Metal: Mercúrio, níquel, ouro branco, ouro velho

 

Tímida e com uma personalidade prática, a criança Virgem tem um potencial enorme para ser
intelectualmente brilhante. Se devidamente estimulada, o prazer natural pela descoberta e
investigação da razão das coisas, são vocações que irá manter e cultivar durante toda a vida.
Exigente e com grande sentido crítico consigo e com os outros, a criança Virgem deve ser
ensinada a reconhecer que no fracasso existe um grande potencial para crescer e aprender. Crescer também é aprender a saber lidar com as dificuldades e sobreviver-lhes.

 

Como estimular o desenvolvimento do seu filho Virgem:

 

A criança Virgem precisa de se envolver em atividades que a estimulem intelectualmente. Os
pais/educadores devem potenciar esta inclinação com jogos e brinquedos orientados a um
propósito ou que impliquem um envolvimento elevado da criança como experiências científicas ou jogos de lógica e matemática.

 

Principais características da criança Virgem:

 

• Trabalhadora e prática, a criança Virgem tem o espirito mais crítico e inflexível do zodíaco. A sua mente analítica precisa de compreender a raiz e a relação de causa/efeito entre as coisas. Só depois de perceber o básico consegue passar ao quadro geral.

 

• Inteligente e criativa, a criança Virgem pode ter alguma falta de autoconfiança e tendência para
se preocupar excessivamente, mesmo com situações que estão fora do seu controlo e que não
consegue resolver sozinha.

 

Pontos a considerar na educação e convívio com a criança Virgem:

 

• Ajude o seu filho Virgem a perceber que analisar todas as hipóteses até ao infinito pode não se
justificar em algumas situações. Por vezes, as coisas podem ser mesmo simples e aprofundá-las é
pura perda de tempo e mesmo um entrave para avançar.

 

• Também é importante transmitir à criança Virgem a necessidade de se ser flexível e pensar de
forma abrangente, sem dissecar tudo. Manter a mente aberta à opinião dos outros e ao bom senso
pode ser a resposta para muitos dos problemas e questões que irá enfrentar pela vida.

 

• Ensine o seu filho a ter uma postura mais natural e descontraída. Ajude-o a encarar o outro e a
deixar fluir as relações espontaneamente. A tendência para tentar compreender o motivo de tudo
pode não ser a forma mais eficaz de criar e manter relações.

 

 

Por Mãe-Me-Quer

– Acompanhem todos os posts desta rubrica

 

0 Comentários

Segundas, tomem nota: chegaram as férias!

Chegaram as férias! Em todo o país e para os próximos dois meses, a grande sugestão é o programa Ciência Viva no Verão, de 15 de Julho a 15 de Setembro.

 

São centenas de actividades nas praias, nos parques e jardins, nas áreas protegidas, nos castelos, nos faróis, nos museus e, claro, nos Centros Ciência Viva espalhados pelo país. Todas as actividades são gratuitas. Algumas requerem inscrição prévia e obrigatória, através do site; noutros casos basta aparecer. Há passeios pelas rochas e à luz da lua, observação de estrelas, caça ao morcego, pirilampos, borboletas nocturnas, e muito, muito mais.

 

aoarlivre14

 

Em Lisboa, o Teatro Maria Matos celebra o final da temporada e apresenta os votos de boas férias com o evento anual AOARLIVRE, uma festa para as famílias no Jardim do Bairro das Estacas, junto à Av. de Roma. É já no próximo sábado, 19 de Julho. Como é habitual, será dia recheado de espectáculos de teatro, música e dança, com histórias e oficinas para todas as idades. A entrada, claro, é gratuita.

 

verão no Museu

 

Para preencher o tempo dos miúdos enquanto as férias dos pais não chegam (ou depois de acabarem), continua a haver inúmeras propostas, entre as quais se destacam, por exemplo, o Verão nos Museus, no Museu da Cidade e no Museu Rafael Bordalo Pinheiro, os Sabores com Rima na Casa Fernando Pessoa ou as Oficinas de Escrita e Leitura Criativa na Escrever Escrever.

 

No Porto há Verão na Bonjoia com actividades ao ar livre para toda a família assim como desporto para todos no programa Baixa em Boa Forma, na Praça D. João I.

Em Vila do Conde foi recentemente lançado o projecto de bicicletas partilhadas biConde, seguindo o exemplo de tantas outras cidades em todo o país. O Verão é altura ideal para aprender a andar de bicicleta (com ou sem rodinhas) e os pais podem dar o exemplo! Os joelhos esfolados curam-se rapidamente ao ar livre e a água do mar ajuda!

Quem passar férias na zona de Tróia, ou for até lá em passeio, fique atento ao programa de animação de Verão gratuito, para toda a família.

 

Parques aquáticos não são o meu lugar favorito mas suponho que todos os miúdos queiram experimentar pelo menos uma vez. Uma alternativa mais tranquila, mas ao mesmo tempo divertida, é uma piscina daquelas fantásticas, com grandes enquadramentos como a Piscina das Marés, em Leça da Palmeira, ou a Piscina Oceânica de Oeiras. Para variar da praia, pode ser um dia bem passado.

Antes ou depois das férias, há teatro no Museu de História e Ciência Natural. Querem história mais adequada ao tempo estival do que A Volta ao mundo em 80 dias? A aventura de Willy Fogg e Passepartout é uma das histórias mais antigas que me lembro de ler e pela qual tenho um carinho muito especial.

 

80dias

 

Diz que em Agosto vai nascer uma praia no centro de Lisboa. Não é magia, talvez apenas truque e uma maneira de dizer. No Jardim do Torel, ao Campo dos Mártires da Praia, um dos lagos vai ser adaptado a zona balnear, com areia, nadador-salvador e, provavelmente, bolas de Berlim. A vista sobre a cidade está garantida, o Sol à partida também e a “graça” merece certamente uma espreitadela.

 

De resto, é Verão! É fácil ser feliz! Quem tem bebés pequenos e vai levá-los pela primeira vez à praia, ou quase, vai ter, certamente, um Verão inesquecível. Bebés a brincar na areia à beira-mar: eis uma imagem de pura felicidade.

Boas férias!

 

 

Por Céu Coutinho, directora do Lifecooler e blogger em Senhoras da nossa idade
– Acompanhem todos os posts desta rubrica

 

0 Comentários

Segundas astrológicas!, por Mãe-Me-Quer

sbaby_caranguejo
Ilustração de Célia Fernandes

 

Criança Caranguejo: 22 de junho a 22 de julho

 

Quarto signo do zodíaco
Planeta regente: Lua
Elemento: Água
Cor: Cinza prateado, branco, azul prateado
Pedra preciosa: Pérola, pedra da lua, opala, cristal, diamante
Metal: Prata, ouro branco, platina

 

A criança Caranguejo tem uma personalidade carinhosa, emotiva, imaginativa e fortemente intuitiva. O signo Caranguejo é o signo da maternidade: o Caranguejo representa a criação do lar e a defesa da família e de todos os que lhe são queridos.

A criança Caranguejo precisa de ser incentivada com carinho a enfrentar situações novas, a percorrer o seu próprio caminho e a ser independente.
Mesmo quando sai de casa, o nativo Caranguejo põe sempre a família em primeiro lugar. Preservar os laços emocionais da sua família mais próxima (sejam familiares ou amigos) é o alicerce de toda a sua vida.

 

Como estimular o desenvolvimento do seu filho Caranguejo:
O seu filho Caranguejo gosta de variedade e de novas atividades. Experimentar coisas novas é um desafio e potencia o desenvolvimento do lado mais criativo do Caranguejo.
Talvez note no seu filho uma queda para a cozinha. Os Caranguejos têm uma capacidade inata para cozinhar. Fazer bolinhos para o lanche e partilhá-los com toda a família será um momento de grande felicidade!
Se tiver irmãos mais novos ou outras crianças na família, cedo vai desenvolver o instinto para cuidar deles. Incentive esta característica natural envolvendo o seu filho Caranguejo nas rotinas dos pequeninos. Permita que dê uma mãozinha nas tarefas diárias como o banho, vestir ou alimentar. Será um deleite vê-lo!

 

Principais características da criança Caranguejo:
O nativo Caranguejo é o mais preocupado do zodíaco, especialmente no que diz respeito ao bem-estar da sua família e amigos mais chegados. Adora oferecer presentes e está sempre a pensar no que pode fazer para que os que o rodeiam se sintam felizes.
Ao longo do dia, a criança Caranguejo oscila entre bruscas mudanças de humor sem, contudo, perder a simpatia e a afabilidade com os outros.
Imaginativa e fortemente intuitiva, a criança Caranguejo vive todas as emoções de forma intensa e profunda. A alegria e a tristeza são opostos que vive da mesma forma apaixonada.
Disciplinada, aprecia as regras e a ordem simples das coisas.

 

Pontos a considerar na educação e convívio com a criança Caranguejo:
A sensibilidade à flor da pele da criança Caranguejo faz com que fique magoada muito facilmente. Se tiver que a repreender faça-o de forma carinhosa, explicando-lhe sempre o porquê das coisas e dizendo-lhe que, apesar da reprimenda, o sentimento de afeto que sente por ela não se alterou.
Pelas suas características naturais, a criança Caranguejo é feliz numa família carinhosa e onde todos se preocupam e cuidam uns com os outros. Não tem dificuldade em demonstrar os seus sentimentos e gosta de ser retribuída. É importante dizer-lhe todos os dias o quanto é amada.
Naturalmente “aluada” a criança Caranguejo não gosta de perder tempo a arrumar os seus pertences. Contrarie esta tendência, impondo regras claras e objetivas e ensinando-a a arrumar tudo antes de abandonar o local.

 

 

Por Mãe-Me-Quer

– Acompanhem todos os posts desta rubrica

 

0 Comentários

Segundas, tomem nota: finalmente é verão!

Ah, finalmente é Verão! Altas temperaturas, trânsito infernal para as praias, areais a abarrotar e, com sorte, aguinha do mar pouco menos que gelada. Mas na cidade há esplanadas e jazz nos jardins. Pena é que também haja trânsito, enchentes na relva, filas para a cerveja, lixo no chão.

Calma! Não estou maldisposta e gosto muito do Verão. Mas é uma época especialmente propensa a irritações, barretes e flops. Manhãs plácidas à beira-mar ou tardes de jazz na Estrela facilmente se transformam em pequenos desastres. Se os adultos conseguem contornar certas situações, saindo mais tarde da praia para evitar as filas, etc., sabemos que com crianças isso muitas vezes não é possível.

 

CartazA5_PA2014.web.jpg

 

Posto isto, a minha primeira sugestão vai para um evento que está no meu imaginário como sendo a antítese de tudo isto. É perto da praia mas no campo, é para crianças mas os adultos podem relaxar. É o Pinhal das Artes, um festival de artes para a primeira infância que se realiza de dois em dois anos no pinhal do Rei em S. Pedro de Moel. Esta é a 7ª edição e acontece de 1 a 6 de Julho (de 1 a 3 para escolas, de 4 a 6 para famílias). Quem conhece S. Pedro de Moel saberá que é uma pacata vila balnear, praticamente imune às tropelias urbanísticas e às invasões estivais. Especialmente dirigido a crianças dos 0 aos 5 anos, o Pinhal das Artes é o tipo de festival que condiz com a vila. Alternativo, livre, intimamente ligado à natureza, aos sons e às cores. Se puderem, não percam!

 

A segunda sugestão vai para as feiras medievais que por esta altura, e ao longo de todo o Verão, se multiplicam por várias localidades. Embora propensas a enchentes, julgo que merece a pena arriscar numa ou noutra para assistir ao desfilar de personagens de época, a um torneio a cavalo ou às várias a animações de rua. Já nos dias 22 e 23 de Junho realiza-se, bem perto de Lisboa, a VI Feira Medieval de Linda-a-Velha no Palácio dos Aciprestes. Entrada gratuita até aos 6 anos.

 

No início do texto falei do jazz nos jardins. É verdade que os concertos do Outjazz são muito concorridos mas à medida que mais gente vai saindo da cidade, torna-se mais fácil encontrar algum espaço e sossego. Há quem, avisadamente, leve manta e geleira com bebidas para evitar as filas (e poupar a carteira). Até ao final deste mês, as sessões de domingo à tarde são em Monsanto (Anfiteatro Keil do Amaral) e em Julho passam para a Tapada das Necessidades.

 

outjazz2014_postal

 

Por esta altura e até Setembro, decorrem também os passeios no Tejo em embarcações tradicionais promovidos por alguns municípios. No Seixal navega-se num bote de fragata e num varino e os passeios são grátis para crianças até aos 12 anos. O Varino O Boa Viagem da Moita faz-se às águas do Tejo até Outubro. No Barreiro já navega o Varino Pestarola.

 

Uma referência especial para as bibliotecas de Verão, de praia ou de jardim, que vários municípios inauguram por esta altura. Ílhavo , Moita, Sesimbra e Torres Vedras são algumas das localidades que já têm a funcionar estas infraestruturas de apoio às leituras estivais.

Por fim, e uma vez que o ano escolar terminou, ficam algumas ideias de actividades para as férias de Verão. As hipóteses são muitas e diversificadas mas gostava de destacar as férias nos museus em todo o país. (A propósito, uma nota importante: desde o início de Junho, os museus passaram a ter entrada gratuita apenas no primeiro Domingo de cada mês). Museu da Chapelaria, Serralves, Museu Berardo, Gulbenkian, Museu da Electricidade, etc., são alguns dos mais activos na organização de actividades para todas as idades.

 

Última nota! Não se esqueçam que as Festas de Lisboa andam pelas ruas até 3 de Julho. No próximo sábado, dia 21, há Festa no Museu de História Natural e Ciência. E dias 21 e 22 as Bibliotecas Municipais organizam mais um Assalto a Lisboa, por palavras, imagens e sons. As Mantas de Histórias estendem-se nos jardins do Museu da Cidade.

 

Aproveitem a praia, os rios, os lagos, os jardins, as esplanadas e tenham um bom Verão!

 

 

Por Céu Coutinho, directora do Lifecooler e blogger em Senhoras da nossa idade
– Acompanhem todos os posts desta rubrica

 

0 Comentários

Segundas astrológicas!, por Mãe-Me-Quer

sbaby_gemeos
Ilustração de Célia Fernandes

 

 

Criança Gémeos: de 22 de maio a 21 de junho

 

Terceiro signo do zodíaco
Planeta regente: Mercúrio
Elemento: Ar
Cor: Beje, cinza, cores indefinidas e meios-tons
Pedra preciosa: Ágata, jaspe, olho-de-gato, olho-de-tigre
Metal: Mercúrio

 

A fase dos “porquês” pode ser particularmente intensa se tem um filho do signo Gémeos. Não é fácil satisfazer a curiosidade da criança nascida sob a regência deste signo. Atrás de uma pergunta, vem sempre outra pergunta. E não é qualquer resposta que a deixa satisfeita.

 

Com uma personalidade prática e intuitiva, a criança Gémeos tem tendência para a multitarefa. Tem prazer em dedicar-se a várias atividades em simultâneo e acaba por dedicar pouco tempo a cada uma delas. Aprecia a mudança, a novidade e gosta de aprender a fazer a mesma coisa de outra forma.
Com um pensamento rápido e ágil, são comunicadores natos, apreciam a liberdade de expressão e a constante discussão de ideias.

 

Como estimular o desenvolvimento do seu filho Gémeos:

Incentive a versatilidade e capacidade de comunicação do seu filho Gémeos, proporcionando-lhe momentos em que pode conviver com outras crianças de forma intensa.
Como se aborrecem rapidamente e têm alguma tendência para a superficialidade, é importante que a criança Gémeos possa experimentar e vivenciar coisas novas. Teatro, concertos, workshops temáticos ou ateliers de trabalhos manuais e atividades plásticas serão atividades que o seu filho Gémeos irá apreciar.
Pode tentar contrariar a tendência para a dispersão de raciocínio com jogos e atividades que exijam o treino da capacidade de concentração. Adivinhas, dominó, jogos de tabuleiro e correspondências são alguns exemplos.
Principais características da criança Gémeos:
A dualidade é uma forte característica de Gémeos. A criança Gémeos parece estar sempre a fazer mais do que uma coisa ao mesmo tempo e sente-se bem a fazê-lo.
Comunicativa, a criança Gémeos precisa de se expressar livremente e de partir à descoberta do mundo. A vontade de avançar faz com que comece a gatinhar, falar e andar muito cedo.
Dotada de grande capacidade intelectual e de um raciocínio rápido e intuitivo, precisa de estímulos permanentes e de desafios que ponham à prova as suas capacidades.

 

Pontos a considerar na educação e convívio com a criança Gémeos:
A necessidade de mudança, a tendência para o ligeirismo e para fazer mais do que uma coisa ao mesmo tempo, podem levar a criança Gémeos a desistir a meio das tarefas acabando por não completar nenhuma. Esta tendência deve ser contrariada precocemente. É fundamental incutir-lhe a necessidade de concluir as tarefas. Só assim obterá real satisfação das atividades em que se envolve ao mesmo tempo que desenvolve uma metodologia de trabalho adequada, tão importante para a vida escolar e profissional.
Inimiga da rotina e das tarefas mecânicas, a criança Gémeos está sempre à procura de novos interesses. A sua faceta de grande comunicador, leva-a a procurar atividades que lhe permitam a interacção com outras pessoas e a partilha e debate de ideias. Ajude o seu filho a reforçar estas competências com atividades extra curriculares e momentos de contacto social.
A necessidade de mudança e o tédio que se instala rapidamente resultam em instabilidade emocional. A criança Gémeos pode sentir-se nas nuvens num momento e com mau humor logo de seguida. O melhor é mante-la sempre ocupada!

 

 

Por Mãe-Me-Quer

– Acompanhem todos os posts desta rubrica

 

0 Comentários

Segundas, tomem nota: vem aí o Dia da Criança

Com o Dia da Criança a calhar a um domingo, multiplicam-se os eventos e actividades previstos o que pode dificultar a escolha. Aqui ficam algumas sugestões:

 

– a Cabide, uma revista ao vivo que vai tomar conta do Cinema S. Jorge, em Lisboa, de 29 de Maio a 1 de Junho, organiza uma manhã infantil para celebrar a data. A compra de um bilhete de adulto para o evento, em qualquer dos dias, dá direito à entrada livre de uma criança. As cantigas do Galo Gordo, jogos, passatempos e histórias fazem a festa.

– a Feira Náutica do Tejo realiza-se no mesmo período (29 a 1) na Doca de Pedrouços, em Algés, e tem actividades de ar livre gratuitas, nomeadamente jogos ligados ao mar. E no domingo há passeios no Tejo em barcos tradicionais.

– a Orquestra Metropolitana de Lisboa assinala o dia da pequenada com um concerto-conto ou vice-versa. As histórias O Pedro e o Lobo e O Veado Florido serão narradas e musicadas num espectáculo na Aula Magna às 11 horas. Bilhetes a 5 euros.

– a Festa da Criança regressa aos jardins do Museu da Electricidade para dois dias de brincadeira à beira Tejo (31 e 1).

– para grávidas e recém-mamãs a Quinta da Ponte em Cascais recebe o evento Barrigas de Amor no dia 1 de Junho. E na Quinta da Fidalga, no Seixal, realiza-se a Festa das Nove Luas – Nascer e Crescer Saudável (das 10 às 16 horas com entrada livre).

– o Portugal dos Pequenitos em Coimbra volta a organizar a Festa da Criança, entre 30 de Maio e 10 de Junho coincidindo com o aniversário do parque a 8.

 

Entretanto, a 29 de Maio começa a Feira do Livro de Lisboa que até 15 de Junho estará pelo Parque Eduardo VII. A programação oficial ainda não foi divulgada mas há sempre uma secção especial para as crianças e certamente para o dia 1 de Junho.

 

ludo

 

Tirando os livros, para mim o grande evento das próximas semanas é o Ludopolis – Festival de Jogos e Diversão (6 a 10 de Junho). Estou desejosa de reencontrar o Rei Ludo. Conhecemo-lo o ano passado, no Parque dos Moinhos de Santana onde o festival teve lugar (este ano passa para os jardins do Museu da Cidade, ao Campo Grande). A personagem do Rei Ludo, o anfitrião, passeava-se pelo parque com outras figuras, todos eles interagindo com as crianças. O meu filho, então com 4 anos, andava doido atrás deles, sobretudo do Rei. E às tantas vira-se para nós e diz, como quem constata uma evidência que nós não estaríamos a ver: “Sabem, são todos pessoas mascaradas menos o Rei Ludo. O Rei Ludo é verdadeiro.”

 

No Porto imperdível é o Serralves em Festa, o fim-de-semana mais longo da Fundação a 31 de Maio e 1 de Junho. A festa começa no sábado às oito e só termina 40 horas depois à meia-noite de domingo. Além disso, este ano a festa extravasa os muros de Serralves e chega à Baixa da cidade.

Santa Maria da Feira recebe a 14ª edição do Imaginarius – Festival Internacional Teatro de Rua a 23 e 24 de maio.

Atenção à estreia do filme argentino Metegol / Matraquilhos do realizador Juan José Campanella (o mesmo do filme-fenómeno O Segredo dos Teus Olhos). Galardoado com o Prémio Goya para Melhor Filme de Animação, estreia em Portugal a 29 de Maio.

Destaque ainda para duas aberturas recentes, dois locais a visitar. No Porto abriu o World of Discoveries, o parque temático e museu interactivo dedicado aos Descobrimentos (que mesmo sem lá termos posto os pés já tanto nos divertiu graças a um famoso passeio de barco cujas imagens alimentaram piadas durante uma semana).

No subsolo da Baixa lisboeta, foi inaugurado o  Núcleo de Interpretação da Muralha de D. Dinis, situado na cripta da antiga Igreja de São Julião. As visitas são gratuitas.

 

Por fim! Dia 21 de Junho é Dia Mundial do Yoga e as iniciativas vão multiplicar-se. E diz que é muito bom para as famílias.

 

 

Por Céu Coutinho, directora do Lifecooler e blogger em Senhoras da nossa idade
– Acompanhem todos os posts desta rubrica